Palhaço Pennywise segurando um balão vermelho

Por Leonardo Assennato | Dica de Leonardo Assennato

It: A Coisa é um remake de uma obra-prima de uma obra-prima. Sim, o livro de Stephen King, primeiramente publicado em 1986 ganhou novamente uma versão para o cinema. Adaptada é verdade, mas tão bem adaptada, que até ganhou elogios do próprio escritor.

A história é construída de forma diferente da primeira versão, um filme feito para televisão, em 1990. Enquanto a vCersão de 80 é contada com as personagens já adultas e apresenta a primeira parte da história através de flashbacks (lembranças), a versão de 2017 mostra, de forma linear, os acontecimentos deles ainda crianças, sem qualquer referência aos acontecimentos posteriores.

O novo filme tem uma estética de Stranger Things muito grande – no entanto que, em diversos momentos, você se sente assistindo uma versão melhorada da série. Pra aumentar um dos atores principais da série, Finn Wolfhard, também é um dos principais – e mais engraçado – desta nova versão.

As principais referências já abordadas em Stranger Things também estão presentes em It: A Coisa, como as bicicletas, Dungeons & Dragons, a amizade e união dos amigos para resolver um problema – tudo bem, eu sei que isso já vem do livro – mas a forma que é mostrada remete muito os filmes da década de 80.

O filme, com um pouco mais de duas horas, é mais curto que a versão de 1990 que tinha mais de 3 horas de duração. Porém, ele só conta a primeira parte da história e muito bem contada. Algumas das histórias dos 7 amigos são contadas com mais detalhes e alguns pontos interessantes que faltou na primeira versão ganharam um cuidado um pouco maior.

Ainda em comparação com a versão anterior, alguns elementos foram contados de forma diferente, com mais detalhes, até pela tecnologia hoje disponível. Um dos exemplos é sobre a questão de flutuar, tão abordada no filme. Na primeira versão, ela só é apresentada na fase adulta das personagens, sendo que já foram incluída nesse primeiro capítulo.

O filme é um terror não tão terror assim. Tem comédia, uns sustinhos, ação, aventura e até romance. Tudo muito bem dosado. Mas a história é intensa, rica em detalhes, mas não tão surpreendente. Mesmo assim, It: A Coisa te prende do começo ao fim e deixa um gostinho de quero mais. Com certeza, é um dos filmes que devem ser vistos neste ano.

Would you like a balloon?

Divulgação

E como já era de se esperar, se tem filme de terror, tem pegadinha do Silvio Santos, no SBT. Assim como Invocação do Mal 2, O Chamado 3 e Annabelle 2, a rede do patrão convocou sua equipe pra assustar os outros e divulgar o novo filme da Warner.

Na ação, um garotinho, vestido como Georgie (personagem do filme) pedia a pessoas que passavam na rua para que pegassem o barquinho de papel que havia caído no bueiro (sugestivo, não?).

Quando a pessoa se aproximava, o grande palhaço Penniwyse saltava do bueiro e saia correndo atrás da pessoa que gritava desesperadamente.

O resultado não poderia ser outro. Mais um vídeo viralizado nas redes sociais.